18 novembro 2011

Jacinta e o Tricô


Neste último ano lectivo (2010/2011), na sequência das aulas de apoio especial, e com a dedicada ajuda das professoras, a Jacinta aprendeu a fazer tricô.
Inicialmente, não acreditamos que fosse possível mas, passado algum tempo depois de recebida a notícia, a Jacinta apareceu em casa com um cachecol ao pescoço. Foi a prova que faltava!!
Começamos a comprar-lhe agulhas e lã matizada para ver o que era capaz de fazer. Começaram a surgir cachecóis cada vez mais perfeitos, que com orgulho aquecerão o pescoço das irmãs no frio inverno. E não foram apenas cachecóis, também fez uma bolsa e o mais surpreendente foi uma camisola que fez sob orientação da mãe.
Todo este trabalho incansável da Jacinta pode ser visto através do vídeo.

video

Cada vez mais, ter uma dificuldade não é um impedimento para ser-se parte integrante da sociedade. E cada sorriso de satisfação da Jacinta, a fazer mais um cachecol, é como um remédio para o dia-a-dia!!

“Façam o favor de ser felizes” (Raul Solnado)

16 novembro 2011

Ser útil

.....No decorrer deste último ano, a Jacinta tem vindo a desenvolver muitos trabalhos artesanais. Pois é, uma simples criança autista teve a capacidade de aprender a fazer aquilo a que chamamos tapeçaria em trapilho.
.....A força de vontade e a necessidade de se sentir útil fez com que a Jacinta tivesse garra de com uma simples rede de esmirna encaixar, um a um, todos os bocadinhos de trapilho, até formar um tapete. E não foi só um que fez, pois tomou-lhe o gosto e fez outro. Claro que o apoio das professoras foi muito importante, pois o seu olhar atento não deixava que a Jacinta perdesse o ânimo ou falhasse um ponto.

.

Hoje temos a prova que todos somos iguais, apesar das nossas diferenças, e que as crianças autistas escondem dentro delas um pequeno génio!!

02 março 2011

Um Passo Importante

.
.
.......Somos uma família católica que frequenta a eucaristia todos os Domingos e a Jacinta frequenta a catequese desde o primeiro ano. Ela foi crescendo no seio de um grupo de amigos que a acolheram e a ajudaram nas várias fases de crescimento ao longo dos anos de catequese. Quando chegou ao terceio ano, a Jacinta não fez a festa da Primeira Comunhão com o grupo porque não estava preparada e não percebia o sentido de receber a hóstia.
......Em meados de 2010, a Jacinta começou a manifestar o desejo de receber Jesus e através de gestos expressou a sua vontade de comungar. Tratamos então de todos os preparativos e, juntamente com a irmã mais nova, a Jacinta fez a Primeira Comunhão. Foi um dia lindo! Dava para perceber que ela se sentia uma princesa, mas também se percebia que ela sentia a responsabilidade do acontecimento. Comportou-se sempre muito bem, obedeceu sempre a tudo e não fez uma única birra. Já no restaurante, a Jacinta continuava quietinha e direitinha, só depois que lhe disse para ficar à vontade e aproveitar a festa, que ela descontraiu e junto com a irmã brincaram e rodaram os vestidos no jardim.
.....A Primeira Comunhão foi um acontecimento muito importante para a Jacinta. Hoje, passados 8 meses, continua a receber a comunhão todos os Domingos.
.
.
......................................................................................................A MÃE

21 fevereiro 2011

Deslumbramentos

.
......Este desenho foi feito pela Jacinta, com a esferográfica, num momento em que ela estava sozinha, em meados de 2008. Na altura, as únicas formas que ela sabia desenhar eram círculos e traços, e nunca os tinha associado. Não sabia desenhar outras formas, no entanto, foi a primeira vez que as conjugou e conseguiu fazer imagens. Com elas surgiu este desenho, para mim maravilhoso e que me diz muito.
......Gostava que apreciassem e me dissessem o que vêem! Gostava também de ter opiniões a nível profissional.
.....................................................................A MÃE

09 abril 2010

Diferentes Visões


....Durante todo este tempo que estive sem escrever, a Jacinta foi desenvolvendo outras aptidões que ainda não conhecíamos. Aprendeu novas técnicas, realizou novas actividades, teve novas ocupações...
.....O que tenho para mostrar hoje é a forma como ela reproduziu uma tela... Vejam por vocês qual a perspectiva que uma criança autista tem do nosso mundo. O que para nós é um simples e traçado pôr-do-sol, para a Jacinta é um misto de sensações que só ela é capaz de expressar e perceber.
.
.



............................................................Não é uma Maravilha?



.....Comentem :)

08 agosto 2009

Inovar o nosso mundo

.
...Vivemos num mundo, por vezes atribulados pelos nossos afazeres que muitas vezes nos esquecemos que há gestos simples que nos podem fazer sentir muito mais tranquilos.
.
...A Jacinta é uma autista de 13 anos, e como todas as meninas dessa idade, também ela é vaidosa e gosta de usar os seus colares e pulseiras de bijuteria. Adereços coloridos e vistosos, que já não ficam guardados na gaveta.
...Foi de um desafio que surguiu mais uma INOVAÇÃO dos trabalhos da Jacinta.
...Como precisava de uma caixinha para guardar as suas "jóias", surgiu da minha parte a ideia de lhe oferecer uma simples caixa de madeira, a qual ela teria que decorar à sua maneira e ao seu gosto.
...Assim foi, ofereci-lhe a caixa, e no mesmo dia, ficou pronta.
...A alegria brilhava nos olhos da nossa menina enquanto respondia a mais um desafio...
...O resultado...
.....................Esse está à vista...
.

08 julho 2009

Arte de Ser

.

..."Um autista é um livro aberto pronto a explorar o mundo, dentro das suas limitações!!"
.
...A Jacinta, tal como todas as crianças, anda na escola. Felizmente este ano teve um excelente professor que descobriu que a Jacinta gosta de pintar e incansávelmente começou a explorar as suas habilidades artísticas.
...Ao longo de um ano, a Jacinta ia chegando a casa, umas vezes mais limpa, mas outras com a bata completamente colorida.
...Desenvolveu trabalho, e hoje, orgulho-me de apresentar o mais recente trabalho dela...
...Uma Tela com cerca de um metro de comprimento.
...A alegria trasparece nesta tela,
e para orgulho de toda a escola ela está em exposição.
...Não sabemos o que a Jacinta nos queria dizer quando pintou a tela, certamente que estava feliz por ter tido uma oportunidade de mostrar o seu valor, apesar de todas as suas dificuldades..
.
.

....."A verdadeira filosofia é reaprender a ver o mundo."
...............(Merleau-Ponty)